Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Viagens, Informática e Internet, artes/cinema
MSN - lucilenef@hotmail.com



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Minhas Aulas
 Blog Lucilene (pessoal)
 Guia da Semana
 UOL - O melhor conteúdo
 Revista Língua Portuguesa
 Língua Portuguesa
 Google
 Universia
 Wikipedia
 Periódicos da Capes
 Conheça Edgar Morin
 Compartilhe das idéias de Lucia Leão


 
 
Vamos melhorar sua Produção Textual por meio da Educação a Distância?


A M B I E N TA Ç Ã O

Atenção!

Vamos começar... 

É o momento do seu investimento pessoal!

Tenho grande prazer em tê-lo(a) como participante deste espaço interativo.

Esta "experiência" é inédita para mim e irei submetê-la a você, que irá, inclusive, ajudar a melhorá-la.

Você poderá estranhar inicialmente o funcionamento do meu BLOG, mas logo se acostumará. Poderá contar comigo para conhecê-lo melhor. Há instruções de como navegar nele, não se preocupe.

Preciso que, além de curtir, me ajude a analisar se está bem elaborado. Teremos um espaço para comentários a cada etapa, uma avaliação/pesquisa de opinião. Serei grata se apresentar suas críticas e sugestões para a melhoria. Ler e analisar cada uma das atividades, observar o próprio envolvimento e dos companheiros pode me ajudar a fazer os reparos necessários.

Aos meus convidados que entram nesta aventura já foram enviados o Login e a Senha. Agora, tente viver o papel que lhe foi atribuído: o de aluno... entrar na "história" é fundamental para compreendê-la melhor.

AMBIENTE-SE!!

Faça uma atividade!!! A sua Produção textual!!

Estarei sempre por perto. Vamos nos comunicar, ok?

Que sua participação seja marcante pela alegria, disposição em aprender....

Que possamos crescer juntos!

E lembre-se que o mérito é todo seu!

[]s

Profa.Lucilene



Escrito por Profa.Lucilene às 10h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Veja,

criei este blog educacional para, a distância , ter um canal direto e interativo com você, interessado em aprimorar seus conhecimentos na Língua Portuguesa.


Navegue! Familiarize-se com o conteúdo! Pratique...


Para nos comunicarmos use meu email ou uma destas possibilidades:



[ comente aqui] [ envie esta mensagem ] => Clique nos links espalhados pelo Blog para:



escrever o que desejar, comentar, enviar sua tarefa etc.... rsss. Obrigada pela participação!! bjks



Escrito por Profa.Lucilene às 19h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



EDUCAÇÃO + DISTÂNCIA

Educação a distância (EaD) é o processo educacional onde professor e aluno se encontram em espaços físicos diferentes. Veja algumas definições amplamente utilizadas: “Educação a Distância é o processo de ensinoaprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente” (MORAN, 2002, p.1). “Educação a distância é uma forma de ensino que possibilita a auto-aprendizagem, com a mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados, apresentados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados, e veiculados pelos diversos meios de comunicação.” (DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, decreto no.2.494, de 10 de fevereiro de 1998).

Leia o texto A Interatividade na Educação a Distância extraído do livro: EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA, da Professora Claudia Landim.Disponível em: http://penta2.ufrgs.br/edu//tecnoeduc/eduinter.htm

 

SURPRESAAA!!!! Voe... flutue...

Tenho um presente para você!!!

Trata-se de uma matéria importantíssima do portal da Revista Língua Portuguesa.

Assunto: "A revolução do internetês"Clique aqui para visualizá-la  http://revistalingua.uol.com.br/textos.asp?codigo=11061

 



Escrito por Profa.Lucilene às 00h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



CULTURA DE MASSA

"Pela TV, o mundo ouve as mesmas notícias, vê as mesmas novelas, assistem aos mesmos espetáculos, ficando sabendo das mesmas guerras e as mesmas análises sobre as guerras. O que deve ser visto como bom e mau é recortado pela imagem selecionada e pelo texto que se destaca. Vivemos no que se chamou de uma cultura de massa, em que as empresas de comunicação têm um poder muito grande de gerar notícias, fatos, versões sobre verdades e mentiras. Redes de televisão, rádios, telefone, imprensa, telefone, INTERNET, correios formam REDES DE COMUNICAÇÃO em que a informação é transformada, ajustada, os fatos são vistos de uma multiplicidade de pontos de vista, muitas vezes conflitantes. Sem contar ainda a exploração que a publicidade faz sobre os mesmos fatos, buscando influenciar esse receptor. Veja, a seguir um trecho de um poema em que o poeta Carlos Drummond de Andrade brinca com a posição do destinatário no mundo da comunicação de massa. Observe a informação entre parêntesis. Quem, no mundo de hoje, está fora dessa caracterização? Observe o título. Qual é o papel do destinatário da mensagem?

O que você deve fazer (Se você for bom leitor de jornais e revistas, fiel ouvinte de rádio, obediente telespectador ou simples passageiro de bonde)

Consuma aveia, como experiência, durante 30 dias
Emagreça um quilo por semana sem regime nem dieta.
Livre-se do complexo de magreza, usando Koxboax hoje mesmo.
Procure hoje mesmo nosso revendedor autorizado.
Economize servindo a garrafa-monstro de Lero-Lero.
Ganhe a miniatura da garrafa de Lisolete.
Tenha sempre à mão um comprimido de leite de magnólia.
Resolva de uma vez o problema do seu assoalho, aplicando-lhe Sintaxe.
Tenha sempre à mão uma caixa de adesivos plásticos.
Faça o curso de madureza por correspondência.
Aprenda, em casa, nas horas vagas, a fascinantes profissão de relojoeiro.
Valorize sua capacidade estudando desenho arquitetônico, mecânico e publicitário.
Faça o curso rápido de rádio, tevê, transistor, eletrônica e derivados.
Aprenda em poucos dias pelo moderno sistema verbivocovisual.
Use manteiga Margaret em seus bolos e assados (...)

Carlos Drummond de Andrade

O poema chama a atenção para a grande penetração que tem os meios de comunicação de massa na vida do homem moderno e para a principal característica desse tipo de comunicação, que é a de dizer pouca coisa a muita gente. Mesmo que algumas palavras estejam no texto com um significado diferente do usual - como é o caso de Sintaxe, por exemplo - qualquer leitor reconhece algumas frases, que, de tão repetidas, a carga de informação que trazem é praticamente nula, servindo apenas para salientar o nome do produto. Assim, o texto chama a atenção ainda para a linguagem da propaganda - linguagem rápida, pontuada de verbos no imperativo, mostrando que o interesse principal da mensagem não é de informar, mas levar o leitor a realizar uma ação - comprar um produto -, independentemente de sua necessidade". (Suely Amaral é professora universitária, consultora pedagógica e docente de cursos de formação continuada para professores na área de língua/linguagem/leitura).
 
Agora me conta... Esta gostoso navegar aqui?
Ajuda na aprendizagem?


Escrito por Profa.Lucilene às 21h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Escrever na Internet não é diferente de redigir no papel?

"As mudanças ficam por conta da forma como se usam esses meios. O resto permanece igual, ou seja, clareza e concisão continuam contando pontos. 

Na era da Internet escrever bem é uma tarefa que exige, pelo menos, um pouco de atenção e cuidado. Com os textos cada vez mais curtos e objetivos, os erros que aparecem são enormes. A desculpa é a rapidez e a digitação. Muitos e-mails são recebidos. Há que se responder a todos. Estamos todos correndo para bater o recorde de quem recebe mais e-mails. E cheios de erros. Ora, também nas home-pages encontramos artigos sem sentido ou aqueles tão longos que nem paramos para ler.

As técnicas de redação não mudaram só porque estamos na Internet. Pelo contrário, devemos reparar mais no que escrevemos, porque nossa imagem profissional também passa pelo e-mail.

Primeiramente, vamos salientar a importância de pensar. Para escrevermos um texto que atinja o leitor, é imprescindível sabermos pensar.

O que significa analisar, testar e criar a redação? O texto deve ser lógico, com frases harmoniosas e ligadas entre si".

  

Vejamos algumas características de uma redação clara e precisa:

"Estrutura do texto: delimitar o objetivo do texto e escolher o tema. Aqui, deve-se evitar detalhes sem importância para o leitor, embora pareçam belos ou pitorescos para o redator.

Introdução: há várias maneiras de começar um texto. Fazer perguntas, montar comparações, contar uma história pessoal ou profissional são algumas delas.

Desenvolvimento: nesta parte, vamos contar somente o que realmente interessa, argumentando, sem perder o foco no tema escolhido.

Conclusão: aqui, devemos aplicar as mesmas técnicas usadas na introdução. Porém, podemos terminar de maneira contundente, citando uma frase de autor famoso ou até mesmo criando uma especial para o texto".

 

LINKS recomendados: Narrador Alguém que pode ou não participar dos fatos que conta; Dissertação Como expor idéias ou defender objetivamente um ponto de vista



Escrito por Profa.Lucilene às 21h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Agora é a sua vez!!!

Veja...

há um [Comente aqui]!! Que tal escrever e enviar um TEXTO (e-mail/carta etc)?

Antes de aceitar esta proposta, CLIQUE aqui do lado! É bem legal e vai te ajudar muito:

Saiba o que fazer na hora de escrever

Agora, escolha um tema! Pode ser livre ou: um pedido de demissão; resposta a anúncio de emprego; solicitação de vaga em um curso; reclamação de tarifa bancária; confirmação de recebimento de documento; pedido de troca de equipamento defeituoso etc.

Lembre-se, há um espaço nos links de comentários de até 1000 caracteres e é ali que irá digitar sua mensagem, portanto, agora, NÂO se preocupe com a estética, apenas escreva...  

BJKS



Escrito por Profa.Lucilene às 18h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



LEMBRE-SE DA...

      CARTA e suas partes...

a."Cabeçalho ou timbre: com todos os elementos que identifiquem a firma. Hoje, o cabeçalho já vem impresso e há casos em que simplesmente não aparece.

b.Destinação ou endereçamento com: - localidade: com respeito à localidade, deve-se prestar atenção ao seguinte:  a tendência atual é se colocar o local à esquerda, no alto; não se abrevia o nome do lugar, escreve-se São Paulo e não S. Paulo; após o nome da cidade, usa-se a vírgula.

c.Data: com respeito à data, importa lembrar: nome do mês com minúscula; após a data, segue ponto final;  os numerais designativos de ano não se separam por ponto ou espaço; assim deve-se escrever 1992 e não 1.992 ou 1 992; os numerais de uma data separam-se por hífen e não por barra. Então, 30-11-91 e não 30/11/91; destinatário: nome, endereço, localidade.

d.Iniciação/invocação: abrangendo vocativo (invocação), referência e início, com várias fórmulas possíveis.

Na invocação é de praxe a expressão “Prezado(s) Senhor (Senhores)”, seguida de dois-pontos. Outras fórmulas: Prezado Amigo, Senhor Diretor, Senhor Gerente, Caro Cliente, Senhores etc.

Para o início, propriamente dito, há uma série de fórmulas, mas nada impede que o redator crie outras. Como exemplos: “Em atenção ao anúncio publicado...”; “Em atenção ao pedido...”; “Com relação à carta do dia...”; “Atendendo à solicitação da carta...”; “Em cumprimento às determinações...”; “Participamos-lhes que...”; “Servimo-nos da presente para...”; “Solicitamos-lhes a fineza de...”. Observações: Antes do pronome “lhe-lhes” a forma verbal não perde a desinência –s.  Antes do pronome “nos”, cai o –s final do verbo. Procura-se evitar a forma “Pela presente” ou “Tem a presente...”, já gastas pelo uso.

e.Corpo da carta/texto, ou a exposição do assunto que, obviamente, é variável, de acordo com o que se pretende. É comum o uso de formas de tratamento abreviadas, com V. Sa.; V.Sas; V.S.a; V.S.as; V. Exa.; V.Ex.ª;  Exmo. Sr. e outras. Vale lembrar que o verbo relacionado com os referidos pronomes de tratamento deve estar sempre na terceira pessoa, do singular ou do plural.

f.Fecho da carta/cumprimento final: é a parte que encerra a carta, com uma série de fórmulas já estabelecidas, como: Atenciosamente; Cordialmente.Evitem-se as fórmulas: Termino esta; Sem mais".

g. Assinatura



Escrito por Profa.Lucilene às 18h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



NÃO CONFUNDA MAIS!!

Eu tenho de... ou... Eu tenho que?

TEM QUE - quando expressar possibilidade. Exemplo: É possível que você tenha que me emprestar o carro hoje. TENHO DE - quando o sentido for de obrigação, necessidade, desejo ou interesse. Exemplos:

- O Brasil terá de importar arroz.
- Temos de prever as despesas do país.
- O trabalho tem de ser iniciado hoje.
- Eles tinham de sair cedo.
- A prefeitura teve de indenizar os desapropriados.

Veja estes links: Por que/porque Quando se usa junto ou separado, com acento ou sem; Acentuação gráfica Quadro traz palavras que levam acento gráfico; Crase A fusão da preposição a com o artigo feminino a; Dúvidas de português Leias dicas de Dílson Catarino, Pasquale Cipro Neto e Thaís Nicoleti


AGORA... O assunto do artigo é: Gerundismo! 

Clique aqui para visualizar

 

E, vamos além... "E o gerundismo chegou à Fuvest..."

Primeiro foi a época do "a nível de". Parece que o modismo já passou. Veio, então, uma nova moda, e tão avassaladora, que ganhou até um nome específico: gerundismo.
Muitas pessoas se sentem incomodadas com a freqüência com que se ouvem frases como "Você poderá estar comprando por telefone", "Vou estar lhe retornando...", "Vamos estar construindo"...
Muita gente se dá conta de que se trata de um costume recente, de uma construção viciosa e de um modismo infeliz. Muitos chegam a apontar como causa do fenômeno a imitação servil da construção inglesa "I will be + gerúndio". Mas o problema é: pode-se falar de um erro de português? A Fuvest colocou o dedo na ferida. Transcreveu o seguinte fragmento de uma crônica: Quando a teleatendente diz: "O senhor pode estar aguardando na linha, que eu vou estar transferindo sua ligação", ela pensa que está falando bonito. Por sinal, ela não entende por que "eu vou estar transferindo" é errado e "ela está falando bonito" é certo. E vem a pergunta da banca: Você concorda com a afirmação do jornalista sobre o que é certo e o que é errado no emprego do gerúndio? Justifique sucintamente sua resposta. Há contextos em que a construção ir + estar + gerúndio é perfeitamente correta. Isso ocorre quando enunciamos uma ação a ser praticada no futuro e que deverá ocorrer simultaneamente a outra ação, também futura, é claro. Por exemplo: Amanhã, quando você estiver fazendo a prova, eu vou estar viajando para Recife. O erro se verifica quando construções como vou estar viajando são empregadas para substituir o simples futuro do presente. Em lugar de dizer Amanhã vou viajar (ou viajarei) para Recife, as pessoas dizem: Amanhã vou estar viajando para Recife.
Por que "erro"? Porque a construção é empregada fora do contexto que a legitima e é usada para uma finalidade que a tradição e as normas vigentes da língua não lhe atribuem, qual seja a de indicar uma simples ação futura.
Gerundismo não significa, pois, o simples uso do gerúndio. Claro que são normais e correntes construções como Ela está falando bonito. Aí a construção estar + gerúndio indica a ação como presente e com tendência continuativa. O sufixo ismo de gerundismo, como ocorre em consumismo, derrotismo, oportunismo, veicula a idéia pejorativa de tendência viciosa, mania, mau uso... (Artigo de Odilon Soares Leme, professor do Anglo, responsável pela vinheta "S.O.S. Língua Portuguesa" da rádio Jovem Pan e autor de "Tirando Dúvidas de Português" e de "Linguagem, Literatura, Redação" (Editora Ática)).



Escrito por Profa.Lucilene às 18h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



ATENÇÃO!

Ao escrever, preste atenção aos 5 Cs

•"Correção: o redator precisa conhecer muito bem sua própria língua. Como escrever bem se não conhecemos a gramática? Às vezes, basta consultar um dicionário ou livros do gênero “tira-dúvidas”, e muitos erros podem ser eliminados.

Coerência: está ligada à maneira pela qual distribuímos as idéias no texto, isto é, a ordem lógica de cada frase. Escrever o que interessa é essencial.

Clareza: a escolha correta das palavras e a riqueza do vocabulário são pontos importantes para quem deseja escrever bem e com clareza.

Concisão: é expressar um pensamento com o menos número de palavras. Para tal, é importante evitarmos as repetições de idéias, as frases de duplo sentido ou aquelas muito confusas ou difíceis de entender.

Conhecimento do assunto: este item talvez seja o mais importante, pois não podemos escrever sobre um assunto sem ao menos conhecê-lo um pouco. Aliás, o que prejudica a maioria dos textos empresariais é escrever sem qualquer domínio do tema, sem conhecer o seu objetivo, resultando numa redação caótica e desestruturada".

 

RECOMENDO O LINK: Coesão e coerência  Autor planeja texto a partir de sua finalidade

 

 

Quando escrever...

•"Prenda a atenção do leitor, fazendo-o participar do texto.

• Use frases curtas com palavras simples.

• Cuide do vocabulário, variando o tipo de leitura.

• Cada parágrafo deve ter no máximo cinco linhas para que o texto seja claro.

• Lembre-se de que a introdução representa um quinto do texto; o desenvolvimento, três quintos; e a conclusão, um quinto.

• Verifique se os parágrafos estão interligados, pois se um deles não se harmoniza com o outro, é porque faltam idéias precisas entre eles".

 

Lembre-se: consulte sempre uma boa gramática, leia e faça cursos de reciclagem". Nunca é demais!! rs



Escrito por Profa.Lucilene às 18h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



TÔ TÃO FELIZ QUE VC ESTA AQUI!!!

Clique nestes links:

Abordagem do tema é principal problema dos textos
Reescrever e corrigir é fundamental
Informação é a base para uma boa redação



Escrito por Profa.Lucilene às 19h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Exemplo de Carta de apresentação de currículo

Dados do Remetente:
Lucilene Otimista
Lgo.da Batalha, 1000
04026-000 São Paulo, SP.


Dados do Destinatário:
Caixa Postal 846
Fortaleza, CE

São Paulo, 16 de junho de 3000.
 
 
Recepção
Caixa Postal 846
Fortaleza, CE
 

Prezados Senhores

Em resposta ao anúncio publicado no jornal "Folha de São Paulo" no último dia 14, anexo meu "curriculum vitae".
Tenho experiência em contato com o público, possuo bons conhecimentos de inglês e em informática.
Aguardo contato para um entrevista.
 
 
Cordialmente,
 
Lucilene Otimista


Escrito por Profa.Lucilene às 19h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



C A R T A

"A carta é a forma mais freqüente de correspondência, usada desde a Antiguidade. A primeira de que se tem registro foi escrita há mais de quatro mil anos, na Babilônia, e era uma correspondência amorosa".  É a comunicação empresarial mais empregada, seja por email ou não. Deve ser clara, simples e com a gramática correta, para produzir uma boa impressão, pois é a imagem do remetente. A maioria delas ACUSAM, SOLICITAM OU RECLAMAM algo ou APRESENTAM (um produto, serviço, candidato a emprego).

Há três tipos básicos de carta:

particular: dirigida a amigos, conhecidos; trata de assuntos particulares e é o registro menos formal de todos.
comercial: ligada a assuntos comerciais e financeiros, é trocada para pedidos de emprego, demissões, vendas. Segue fórmulas fixas, que devem ser observadas.
oficial: dirigida a instituições públicas ou delas provenientes; são portarias, certidões ou avisos. Bastante formal, respeita padrões determinados.

 

ESTRUTURA DA CARTA COMERCIAL

Data (4 espaços)

 

Invocação (2 espaços)

 

Explanação do assunto/Desenvolvimento (x espaços)

 

Fecho (2 espaços)

 

Assinatura/Função


Escrito por Profa.Lucilene às 19h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Que tipos de texto usamos habitualmente?

"Mesmo com o progresso veloz dos instrumentos de comunicação neste final de milênio, ainda há ocasiões em que de fato, precisamos escrever uma carta, redigir requerimento ao diretor de uma empresa, montar um currículo, fazer um recibo ou remeter um simples telegrama. Esses textos apresentam diferentes graus de formalidade, mas, de qualquer maneira, exigem do remetente a habilidade de expor-se com clareza e precisão para fazer-se compreender pelo destinatário. Além disso, é indispensável dominar o idioma em que se escreve e conhecer as regras básicas de formulação desses textos, pois o sucesso da mensagem também depende de uma boa apresentação".
Aqui neste Blog veremos todos esses tipos de texto!! Vamos começar pela Carta?
 
 
O Processo de Comunicação

Como os homens se comunicam?
"A comunicação humana é uma relação social que se estabelece entre duas ou mais pessoas que desejam trocar informações, idéias e compartilhar sentimentos ou conhecimentos. O ser humano utiliza inúmeros signos universais de comunicação: o choro, para expressar aborrecimentos; o sorriso, para manifestar alegria; o beijo e o abraço, para transmitir afeto. As pessoas não se comunicam apenas por meio de gritos, gestos ou símbolos: a comunicação humana se faz, principalmente, pela palavra".

Diferenças entre comunicação humana e comunicação animal:
• Posturas, gestos e gritos com valor significativo concreto;
• Capacidade de gerar infinitas mensagens, combinando um número reduzido de signos, letras e fonemas;
• Relação interpessoal;
• Explora o mundo, procura conhecê-lo, nomeá-lo e transmitir suas experiências.
Animal:
• Signos mímicos, orais e vocais com amplo valor significativo;
• Não se deixa analisar em componentes;
• Reação somática, estímulo-resposta;
• Seu conteúdo é sempre o mesmo: reação somática ou espacial.
 
 

O Ato de Comunicação
"Em todo processo de comunicação intervém necessariamente um conjunto de fatores: um emissor ou pessoa que perante um estímulo codifica, elabora e transmite para outra – o receptor – uma informação ou mensagem sobre o mundo ou sobre si mesmo, dentro de um referente ou contexto. Para transmitir essa mensagem, o emissor emprega um conjunto de signos, que se combinam de acordo com regras – código ou língua. Seu meio de difusão é um meio físico – o canal.
Exemplo: o ar, no caso das ondas sonoras; o papel, no caso do texto impresso".
 


Escrito por Profa.Lucilene às 18h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



ORAÇÃO DO INTERNAUTA

    

Satélite nosso que estais no céu
Acelerado seja o vosso link
Venha a nós o vosso hipertexto
Seja feita vossa conexão
Assim no real como no virtual
O download de cada dia nos dai hoje
Perdoai o café sobre o teclado
Assim como nós perdoamos aos nossos provedores
Não nos deixeis cair em conexão
E livrai-nos dos Vírus
Amém. (autor desconhecido)


Escrito por Profa.Lucilene às 18h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Curiosidades gramaticais

 - Observe:

       Haja! Eis o verbo HAVER.

Haver é um... verbo, palavra variável que exprime ação, estado, mudança de estado e fenômeno, situando-os no tempo. E significa... ter, possuir, existir, fazer, ocorrer, acontecer.

1. O verbo haver... flexiona-se regularmente nos seguintes casos:

a) quando é empregado como auxiliar do verbo pessoal. Ex.: Eles hão de vencer este jogo.

b) quando é empregado com o sentido de comportar-se ou ajustar as contas. Ex.: Eles se houveram muito bem durante os debates.

2. O verbo haver conjuga-se apenas na terceira pessoa do singular quando é impessoal, isto é, quando não tem sujeito. Isso ocorre quando significa existir ou quando é empregado em sentido temporal. Ex.: Há vários livros na mesa.  Observação: nesse caso, se o verbo haver fizer parte de uma locução, seu auxiliar deve ficar sempre na terceira pessoa do singular. Ex.: Deve haver vários acidentes nessa estrada. AGORA, clique neste LINK:  Pode haver ou podem haver?

QUE LEGAL!!! MAIS ALGUNS LINKS-DICAS:  Ambigüidade; Ambigüidade pode ser vício de linguagem; Pleonasmo: "vício" ou estilo?; Evite os erros mais comuns em redação

 



Escrito por Profa.Lucilene às 18h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



  Não esqueça!

    Use o link [ comente aqui] ou  [ envie esta mensagem ] para mandar tudo que desejar, ok?? 

    bjkssssssss 

Lu



Escrito por Profa.Lucilene às 18h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 SEJAM BEM VINDOS!!! 



Escrito por Profa.Lucilene às 10h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



IMPORTANTE!!!! 

Este Blog é um espaço interativo (professor-aluno-conteúdo-computador). Foi criado para a realização do Projeto desenvolvido para a disciplina de pós-graduação da ECA/USP: Tecnologia Educacional e Comunicação em Som e Imagem, ministrada pelo Prof.Dr.Ângelo Piovesan durante o 2ºsemestre/2006.

Sua participação é expontânea e o meu objetivo é EDUCACIONAL, sem fins lucrativos!!

Fonte do conteúdo teórico: diversos (procurei, SEMPRE QUE POSSÍVEL, inserir os autores junto aos textos).



Escrito por Profa.Lucilene às 10h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]